Treinamento Contabilidade Internacional | DOEF10

ico-publico-alvo Público Alvo

Diretores, gerentes, supervisores e analistas das áreas que elaboram e ou controlam o sistema de custos da empresa.

ico-metodologia Metodologia

Exposição dialogada e exercícios práticos de estruturação dos demonstrativos financeiros, apuração e análise de índices financeiros.

ico-duracao Duração

16 horas.

ico-pre-requisito Pré Requisito

Conhecimento de contabilidade.

Objetivo do Treinamento

Introduzir os conceitos elementares de contabilidade internacional, para permitir a análise e preparação de demonstrações financeiras, para uso de investidores e financiadores externos.
Capacitar os participantes para a adaptação das demonstrações financeiras societárias aos requerimentos do U.S. GAAP.
Apresentar comparativamente as práticas contábeis brasileiras (legislação societária), americanas (USGAAP) e internacionais (IFRS).
Apresentar os conceitos básicos da lei Sarbanes Oxley, com ênfase na seção 404, que trata sobre controles internos.

Conteúdo Programático

Módulo I: Aspectos Introdutórios

  • Antecedentes históricos
  • Órgãos emissores de normas contábeis nos Estados Unidos e iInternacionais (IFRS)
  • Órgãos emissores de normas contábeis no Brasil
  • Os métodos de tradução das demonstrações contábeis para moeda estrangeira utilizados no Brasil
  • Os movimentos para o “global accounting” 

Módulo II: Princípios Contábeis

  • Princípios contábeis brasileiros
  • Princípios e práticas contábeis nos Estados Unidos e internacionais (IFRS)
  • A comparação das principais diferenças entre BRPCGA e USGAAP
  • Principais diferenças entre o USGAAP e IFRS (Princípios internacionais de contabilidade)

Módulo III: Conversão de Balanços

  • Distinção entre a conversão de demonstrações contábeis e a contabilidade em moeda estrangeira
  • Taxas de conversão
  • Diferenças de aplicação do FASB 52 e FASB 8
  • Métodos de conversão
  • Câmbio de fechamento
  • Nomenclaturas de moedas
  • Conceito de itens monetários e não monetários
  • Método temporal
  • Ganhos e perdas na conversão
  • Metodologia de conversão FASB 52
  • Metodologia de conversão FASB 8
  • Comparação dos resultados obtidos nos dois modelos

Módulo IV: Normas e Práticas

  • Tratamento de estoques
  • Aplicação da depreciação
  • Demonstrações dos fluxos de caixa
  • Ajustes de períodos anteriores, modificações das práticas, métodos e estimativas contábeis
  • Despesas com pesquisa e desenvolvimento
  • Contingências
  • Eventos subseqüentes
  • Contratos de construção
  • Impostos de renda
  • Relatórios por segmentos
  • Ativo fixo
  • Leasing (arrendamentos mercantis)
  • Reconhecimento de receitas
  • Operações de câmbio
  • Combinações de empresas
  • Investimentos em afiliadas
  • Consolidação e investimentos em subsidiárias
  • Joint ventures
  • Outros investimentos e instrumentos financeiros
  • Extinção e reestruturação de dívidas
  • Ativos intangíveis e good will
  • Empresas na fase pré-operacional
  • Recuperação de ativos e Impairment 

Módulo V: Fluxo De Caixa

  • Princípios e conceitos do SFAS 95 – fluxo de caixa
  • Demonstração pelo método direto
  • Demonstração pelo método indireto

Módulo VI: Introdução à Lei

  • Objetivo da lei
  • A importância da lei
  • Metodologia para implantação para emissão de relatórios financeiros e certificação dos auditores independentes

 

Clique em uma das opções abaixo para que possamos melhor atendê-lo.

Tenho interesse

Preencha seus dados através do formulário abaixo que entraremos em contato com mais informações.

 

Proposta in company

Preencha seus dados através do formulário abaixo que entraremos em contato com mais informações.