Treinamento GD&T - GPS - Comparação entre as Normas ASME e ISO | QPTG18

publico-alvo-azu Público Alvo

Profissionais que já conhecem bem o assunto de GD&T e que precisam se aprimorar nas diferenças e semelhanças entre as normas ASME e ISO.

metodologia-azul Metodologia

Curso essencialmente prático com exposição e debate dos conceitos através do uso da abordagem socrática. Teoria complementada com estudos de caso da própria empresa.

duracao-azul Duração

16 horas.

pre-requisito-azul Pré Requisito

Ter participado, no mínimo, dos cursos GD&T - Leitura e Interpretação de Desenhos - Fundamental (QPTG09) e Leitura e Interpretação de Desenhos - Avançado (QPTG10).

Objetivo do Treinamento

Apresentar as principais similaridades e diferenças entre as famílias de normas ISO 1101 e ASME Y14.5 de modo a promover a aplicação correta de ambas as normas, bem como fazer as adequações necessárias quando se estiver mudando de normas.
Tirar dúvidas sobre as aplicações, interpretações e controles das marcações de desenhos de GD&T feitos através das normas ASME/ISO.
Fornecer subsídios para que se possa ter segurança em avaliar acertos e erros de aplicação de GD&T em ambas as normas.

Conteúdo Programático

Módulo I: Simbologia Geométrica

  • Características ISO 1101:1983/2004
  • Símbolos adicionais ISO 1101
  • Características ANSI/ASME Y14.5M:1982/1994/2009
  • Símbolos adicionais ASME Y14.5M/2009
  • Símbolos ISO não suportados pela ASME
  • Símbolos ASME não suportados pela ISO
  • Símbolos de elementos referenciais – alvo
  • Símbolos da ISO 129-1:2004
  • Simbologia qualificada
  • Faixa de tolerância comum
  • Simbologia para roscas, engrenagens e rodas dentadas
  • Normas ISO 2768-1:1989 e ISO 2768-2:1989

Módulo II: Termos e Definições

  • Dimensão básica versus dimensão teoricamente exata
  • Limitação da área de controle
  • Definições e termos da ISO
  • Eixo do envelope (ASME) versus eixo da linha média (ISO)
  • Envelope de peças planas – larguras de rasgos e chavetas
  • Tolerância de posição para linhas inscritas
  • Princípio de envelope e independência
  • Controle de tamanho e forma dependentes e independentes
  • Tolerância de batimento circular especificada com um ângulo
  • Controle de batimento
  • Batimento para uma porção da superfície
  • Batimento total para superfície plana
  • Faixa de tolerância projetada
  • Tolerância de posição para superfícies planas
  • Marcação em modelos 3D
  • Práticas anteriores não mais permitidas na ISO
  • Controle simultâneo
  • Concentricidade e simetria em MMC/MMB
  • Faixa de tolerância da tolerância de perfil
  • Tolerância composta de perfil
  • Tolerância de orientação em superfícies planas 

Módulo III: Principais Comparações

  • Faixa de tolerância de orientação
  • Relação entre faixas de tolerância de orientação e localização
  • Símbolo de elementos referenciais
  • Elementos referenciais precedentes}
  • Especificações restritivas
  • Condições de material – RFS/RMB, MMC/MMB e LMC/LMB
  • Símbolos de condição livre, notas de restringimento e regras para peças flexíveis
  • Aplicação de múltiplas especificações no quadro de controle de elementos
  • Faixa de tolerância diametral e esférica
  • Projeção em primeiro e terceiro diedros
  • Definição matemática para superfície (ASME)
  • Conceito de fronteira (ASME)
  • Tolerância de posição composta (ASME)
  • Tolerância de posição simples (ASME)
  • Tolerâncias combinadas
  • Tolerâncias de mais e menos para posição real (ISO)
  • Elementos referenciais móveis
  • Grupo de referenciais

Módulo IV: Características Geométricas

  • Particularidades do controle de retitude
  • Particularidades do controle de planicidade
  • Particularidades do controle de circularidade
  • Particularidades do controle de cilindricidade
  • Particularidades do controle de perfil de linha
  • Particularidades do controle de perfil de superfície
  • Particularidades do controle de perpendicularidade
  • Particularidades do controle de angularidade
  • Particularidades do controle de paralelismo
  • Particularidades do controle de concentricidade
  • Particularidades do controle de coaxialidade
  • Particularidades do controle de simetria
  • Particularidades do controle de batimento circular
  • Particularidades do controle de batimento total

 

Clique em uma das opções abaixo para que possamos melhor atendê-lo.

Tenho interesse

Preencha seus dados através do formulário abaixo que entraremos em contato com mais informações.

 

Proposta in company

Preencha seus dados através do formulário abaixo que entraremos em contato com mais informações.

 

Já realizou um de nossos treinamentos? Deixe seu DEPOIMENTO

*Nossa equipe avaliará seu depoimento e poderá retirá-lo do site sem nenhum aviso prévio